"Solidão" (acróstico) - Quatro Estações "Solidão" (acróstico) - Quatro Estações

"Solidão" (acróstico)

Foto: Reprodução

Mesmo sabendo que você não é mais tudo
Aquilo que um dia eu quis, me pego aqui
Recordando dos planos que fiz.
Confesso...está difícil viver assim.
Olho para mim mesmo amor,
Sozinho aqui estou.

Agora quero ver o meu coração o que vai fazer.
Um dia quando abri meus olhos, você sumiu como uma
Gota que se perde no oceano. Como pode
Um grande amor aos poucos
Se acabar? Não quero a saudade
Tão perto de mim, só quero
O coração deserto.

autora: Daniela Cristina Caires

23/10/2004.



Aviso de propriedade: Todos os conteúdos do Quatro Estações são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa, mesmo citando a fonte.

3 comentários

  1. Lindo texto, existe varios corações solitarios né?! mais alguns é por opção, mas um bom coberto de orelha faz bem rsrsr

    ResponderExcluir
  2. Lindo poema!!! Adoro tudo que tem a ver com o universo das escritas!!

    ResponderExcluir
  3. belíssimo !
    www.unhasebocas.blogspot.com.br
    www.facebook.com/pages/Unhasbocas/477832645611169

    ResponderExcluir

JUNTE-SE A 2.797 PESSOAS. Inscreva-se na nossa lista VIP para receber o conteúdo no seu e-mail gratuitamente.

Acompanhe pelas redes